controle de qualidade

Controle de qualidade: foco no cliente garante confiança e credibilidade

A preocupação com o cliente deve ser uma das pedras fundamentais de qualquer negócio. Diariamente, as perguntas que fazem a roda da empresa girar precisam ser: como anda a qualidade do meu produto ou serviço e como está a satisfação do meu cliente? Se o empreendedor não se questionar constantemente sobre isso, há algo errado. Mas existe uma ação capaz de reverter esse quadro iminente de insucesso: o controle de qualidade.

Por muito tempo, a simples entrega pontual de serviços e produtos era suficiente para suprir as expectativas dos clientes. Hoje, a pontualidade faz parte do leque de obrigações mínimas de uma empresa que deseja se manter no mercado. Os tempos mudaram, as exigências também e o acesso às informações teve papel fundamental nesse processo.

Com o advento da internet, o consumo de informação ficou mais fácil e dinâmico. Antes, a única forma que os consumidores tinham de acessar dados sobre a qualidade de produtos e serviços eram os jornais e os órgãos de defesa do consumidor, como Procon. Agora, isso acontece de forma natural por meio de novos meios de comunicação, como blogs, redes sociais e vídeos no YouTube. Existem até canais exclusivos de discussão segmentada que analisam a qualidade de um determinado produto ou serviço.

Portanto, um controle de qualidade rigoroso e inteligente passou a ser fundamental para promover a satisfação dos clientes e a sobrevivência no mundo dos negócios. Afinal, um fator está atrelado ao outro.

Mas o que é controle de qualidade?

Desde que o mundo é mundo, as coisas passam por processos evolutivos e com o controle de qualidade é foi diferente. Houve um tempo em que essa discussão se limitou à busca por defeitos. Ou seja, a preocupação das empresas estava em realizar uma inspeção com a finalidade de encontrar possíveis falhas. Neste método bastante limitado, o tratamento era apenas de correção dos problemas.

Na sequência, veio o controle por meios estatísticos. A abordagem da qualidade acontecia por inspeção dos produtos em um sistema de amostragem. Apesar de mais avançado em relação ao primeiro método, ainda assim, o foco estava voltado apenas para a correção.

Depois disso, o processo evolutivo seguiu para o que chamamos hoje de controle de qualidade ou qualidade total. É aqui que se rompe com o pensamento apenas corretivo e o assunto passa a ser tratado mais estrategicamente, com atenção para a satisfação do cliente.

A prevenção virou a palavra-chave com esse formato, fazendo com que ações paliativas e corretivas deixassem de ter o mesmo grau de importância de antes.

Controle de qualidade: aposte em prevenção e envolva a equipe

Como vimos anteriormente, a ideia de controle de qualidade trabalha com a prevenção. A visão restrita ao reparo já foi superada e, hoje, há a necessidade de observar o todo. O que isso significa? Que para um processo eficaz e certificado, é necessário um olhar amplo e o engajamento das pessoas envolvidas nesse contexto. Ao dividir a responsabilidade, atender às expectativas dos clientes se torna um passo mais suave.

O controle de qualidade passa pela produção, claro, pois o produto ou serviço precisa estar adequado às necessidades e desejos dos clientes, mas o processo deve envolver todos os colaboradores e também os fornecedores.

Além da participação e da ideia compartilhada, outra maneira de garantir a qualidade é a promoção contínua de melhoria nos processos de produção. Quando uma falha for detectada, ela deve servir de modelo para que a solução seja encontrada e para que os erros não se repitam. É nisso que consiste a prevenção.

Outro ponto que impacta diretamente na qualidade está na capacitação dos funcionários, que deve ser constante. Treinamentos, reuniões, campanhas e ações devem ser propostos e executodas, fazendo com que, além de engajados, os colaboradores estejam também vigilantes.

A importância da certificação ISO

Quando se fala em qualidade no mundo dos negócios, a sigla ISO (International Standardization Organization) surge quase que imediatamente. É praticamente impossível pensar e falar sobre um sistema de controle de qualidade sem citar suas certificações.

Conquistar uma certificação ISO significa que exigências importantes foram atendidas e ter esse selo transforma a empresa em um modelo, pois atesta que tem compromisso com a qualidade dos produtos e processos. Por ser referência mundial, a certificação ainda garante que a empresa possa atuar em outros países.

Como vimos até aqui, o controle de qualidade é um processo muito importante, não é mesmo? Mas para que ele seja ágil, eficaz e seguro, o uso da tecnologia é fundamental.

Por isso, a YNOS oferece uma solução capaz de integrar de forma inteligente os diferentes setores e departamentos da organização, unificando informações e facilitando o trabalho. Dessa maneira, o controle de qualidade fica ainda mais seguro. O software ERP Radar Empresarial simplifica esse processo, garante agilidade e controle e o resultado é uma gestão eficaz focada no cliente. Entre em contato com a gente e conheça nossa solução!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *