Planejamento orçamentário

[E-book] Guia do planejamento orçamentário

Por mais que as empresas quisessem, diante de um mercado que oscila a cada instante, saber o que vai acontecer no futuro ainda não é uma realidade. Mas não é por isso que um negócio deixará de se preparar. Então, enquanto o dom da premonição não se torna algo concreto, uma ferramenta ajuda bastante os empresários e os profissionais da área de finanças: o planejamento orçamentário.

Ele não trabalha com futurismo, mas utiliza um insumo de extrema importância dentro das empresas, que são os dados de períodos anteriores. Sendo assim, o planejamento orçamentário olha o passado para realizar projeções do que pode acontecer no futuro. Afinal, essas informações são reais e foram testadas.

O trabalho dos profissionais da área financeira é analisar os dados, junto com outros fatores externos, e, assim, chegar ao panorama que acreditam ser o mais provável. Primeiro, é feita a estimativa de vendas, ou seja, do quanto a empresa deve arrecadar em determinado período. Depois, é hora de projetar os gastos, incluindo aí custos e despesas. Por fim, é observada a capacidade de investimentos, que, de fato, faz o empreendimento caminhar para alcançar seus objetivos.

E esse planejamento não é estático. Ele deve ser constantemente revisado e aprimorado. Como já mencionamos, estamos trabalhando com projeções e não com futurologia. Então, é bem possível que as tais oscilações do mercado exijam algumas mudanças no orçamento da empresa.

A importância do planejamento orçamentário

Uma das principais vantagens dessa ferramenta é o alinhamento das expectativas financeiras da empresa com o planejamento estratégico. Dessa forma, os esforços das vendas e a aplicação dos recursos estarão atuando em conjunto para cumprir com as metas estabelecidas em prol do desenvolvimento do negócio. Com isso, é possível prever onde se quer chegar e o que será feito para alcançar tal objetivo.

Diante do nível de importância do planejamento orçamentário, preparamos um e-book para ajudar você a entender melhor essa ferramenta, desde o seu funcionamento até o estabelecimento de uma cultura orçamentária, passando pela sua importância e pelo uso da tecnologia. O material foi construído em parceria com o professor e sócio da Soma Cursos e Consultoria, Edson Ivan da Costa

No primeiro capítulo, o leitor é apresentado aos principais conceitos relacionados ao planejamento orçamentário. Falamos sobre quatro componentes essenciais dessa ferramenta: planejamento de vendas, orçamento de custos, orçamento de despesas e orçamento de investimentos.

São eles que ajudarão os profissionais envolvidos no processo a construírem o orçamento empresarial. O orçamento de vendas, por exemplo, é o que vai tratar das receitas que a empresa espera ter no período selecionado no planejamento. Já os de custos e despesas abordam os gastos, separando-os entre operacional e administrativo.

No segundo capítulo, falamos do papel da tecnologia no processo de planejamento do orçamento. Isso porque de forma manual fica mais difícil acompanhar se as metas traçadas e os valores estipulados estão sendo cumpridos, pois é necessário analisar uma série de informações e compilar tudo para chegar a algum resultado. Algumas soluções fazem isso de maneira automatizada, como o ERP Radar Empresarial.

Acompanhamento dos resultados

No terceiro capítulo, mostramos como cumprir com a necessidade de revisar sempre o orçamento. Apresentamos alguns pontos que são essenciais nesse processo, como a elaboração de relatórios, destacando o de projeção de DRE, que auxilia no acompanhamento e na comparação entre orçado e realizado.

Mas não pense que ficamos apenas nos conceitos. Para ajudar você a visualizar melhor o que estamos falando, entramos também na parte prática, mostrando em um exemplo o que pode acontecer a partir de mudanças nos cenários.

Para fechar o material, falamos de algo importante para viabilizar todo esse trabalho: a cultura do planejamento e do cuidado com as finanças. Toda essa preparação e o uso da tecnologia não servirão de nada se as pessoas que fazem parte do dia a dia da empresa não entenderem que elas fazem parte do processo.

Todos os profissionais precisam contribuir para controlar os gastos e otimizar ao máximo as receitas. Isso significa não desperdiçar os recursos, mas sim utilizá-los de maneira inteligente. Essa é uma forma de minimizar os impactos causados por mudanças de cenários que, muitas vezes, não são previstas.

Para conferir todos os detalhes sobre o planejamento orçamentário, faça o download gratuito do e-book clicando na imagem abaixo. Se ficar com alguma dúvida, entre em contato com a gente. Nossos especialistas estão à disposição para atendê-lo e esclarecer todos os pontos. Conte sempre com a YNOS para potencializar os resultados da sua empresa.

Planejamento orçamentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *