[E-book] O poder do Business Intelligence

Uma grande quantidade de dados circula diariamente pela sua empresa. A partir das mais diversas áreas, como vendas, produção, marketing e financeiro, eles geram um volume capaz de indicar o desempenho do seu negócio e, mais do que isso, delinear o caminho a ser seguido rumo ao crescimento. Mas você está sendo capaz de interpretar esses dados, transformando-os em informações relevantes para tomar decisões visando o sucesso da sua empresa? É justamente para ajudar a responder esta pergunta que surge o conceito de business intelligence (BI).

Entre empresários e gestores, um dos erros mais comuns quando o assunto é gestão acaba sendo, justamente, a má utilização dos dados produzidos dentro do próprio negócio, o que afeta diretamente a tomada de decisões. Não ter informações suficientes ou negligenciá-las nega a chance de tornar os próximos passos mais seguros e assertivos.

Continue lendo “[E-book] O poder do Business Intelligence”

[E-book] Guia para entender o custo da ociosidade na indústria

Trabalhar com todo o potencial produtivo para otimizar processos e agregar valor ao produto e ao processo é o objetivo de qualquer indústria, certo? Apesar disso, alguns fatores acabam sendo empecilhos e, quando não recebem a devida atenção, podem se tornar problemas que resultam em gastos desnecessários e em quebra no crescimento produtivo. Portanto, saber identificar esses pontos, entendê-los e corrigi-los são passos fundamentais para não comprometer a eficiência do seu negócio. É por isso que mensurar os custo da ociosidade na indústria acaba sendo uma tarefa vital.

A capacidade ociosa de uma indústria é a diferença entre a capacidade produtiva, ou seja, o que ela é capaz de produzir e o que, de fato, foi produzido em um determinado período. Trata-se, portanto, deste volume que deixou de ser produzido. É sempre importante frisar que essa “falha na produção” pode acontecer por inúmeros fatores, como baixa demanda, quebra ou manutenção de maquinário, falta ou atraso de insumos, sazonalidade e perda de mão de obra, por exemplo. Porém, independentemente do motivo, o fato é que essa ociosidade tem um grande impacto no resultado final da produção.

Continue lendo “[E-book] Guia para entender o custo da ociosidade na indústria”

gestão da indústria

Investir em inovação é um diferencial na gestão da indústria. Entenda!

Contar com equipamentos robotizados, processos on-line e seções de produção comandadas por inteligência artificial é um cenário possível para a sua empresa? Se não, pode ser o momento de começar a pensar que talvez este desenho de negócio deva se tornar realidade na gestão da indústria na qual você atua. A afirmação não é à toa: este mesmo contexto que estamos sugerindo já faz parte do dia a dia de muitas organizações brasileiras e pelo mundo afora. E quando o assunto é competitividade, são justamente elas que saem na frente.

Qualquer empresa que não inova está sujeita a ser deixada para trás. Então, se a inovação é quase uma filosofia do meio industrial, está mais do que na hora de trazer isso para o chão da sua fábrica. Do contrário, a saúde financeira do negócio pode ser comprometida substancialmente. Quer dizer: abrir as portas da indústria para processos inovadores, que têm tecnologia de ponta como base, significa otimizar tarefas e dar qualidade às atividades, eficiência às equipes e segurança às tomadas de decisões.

Continue lendo “Investir em inovação é um diferencial na gestão da indústria. Entenda!”

gestão industrial

[E-book] Saiba quais são os 7 principais erros na gestão industrial

Quando o assunto é realização profissional, quem não quer conquistar autonomia e independência em suas atividades? Principalmente quando falamos da indústria, para que esse objetivo seja conquistado e para que, consequentemente, a organização prospere, tenha sucesso, seja produtiva e mantenha a saúde financeira em dia, é preciso ficar atento a um de seus grandes pilares: a correta gestão industrial.

Ser criativo e corajoso para encarar os desafios de uma indústria é o pontapé inicial e, depois desse primeiro passo, é hora de colocar a mão na massa para superá-los. No entanto, é neste momento que, muitas vezes, as dúvidas se transformam em erros que podem ser cruciais para o sucesso do negócio.

Continue lendo “[E-book] Saiba quais são os 7 principais erros na gestão industrial”

Conheça os benefícios da gestão de custos para a indústria

Em outros textos aqui do nosso blog, nós falamos sobre a importância de controlar os custos na indústria e demos dicas de como implementá-la. Mas, afinal, quais são os benefícios da gestão de custos no setor produtivo? Chegou o momento, então, de respondermos a esta pergunta, mostrando que sua empresa só tem a ganhar com esse processo sendo feito de maneira transparente e eficiente.

Para começar a falar dos benefícios, vamos abordar primeiro a lucratividade. Sem conhecer os custos de produção de um determinado item, como a empresa vai controlar a margem de lucro com a qual pretende trabalhar? Um volume alto de vendas, por exemplo, pode acabar escondendo um prejuízo.

Continue lendo “Conheça os benefícios da gestão de custos para a indústria”

Saiba como implementar a gestão de custos na sua indústria

Saber o quanto sua indústria gasta e investe todos os meses nas mais variadas atividades, como já vimos aqui no blog, é essencial para a saúde financeira do negócio. São dados preciosos que facilitam a tomada de decisão dos gestores e, portanto, são estratégicos para a empresa. Agora, então, nós vamos dar destaque para a parte prática e mostrar como implementar a gestão de custos de forma eficiente no seu dia a dia.

Por meio da gestão de custos, é possível maximizar os lucros do negócio, pois o gestor consegue elaborar os preços com base em informações mais precisas. Dessa forma, a receita obtida cobre todos os gastos e ainda permite que a indústria trabalhe com uma margem de lucro satisfatória.

Continue lendo “Saiba como implementar a gestão de custos na sua indústria”

[E-book] Gestão de custos: um caminho para garantir bons resultados

Você sabe quanto sua empresa gasta e investe para fabricar, embalar, armazenar, vender e enviar seus produtos aos clientes? Se a resposta for não ou se você precisou pensar muito, é sinal de que seu controle, se ele existir, está deixando escapar informações valiosas e imprescindíveis para o seu negócio. Fazer a gestão de custos não é opcional, mas, sim, um dever que, inclusive, ganha contornos de atividade estratégica quando realizada corretamente e de maneira séria.

A falta de conhecimento sobre os custos envolvidos nos processos da empresa influencia diretamente na lucratividade, pois dificulta a correta precificação dos produtos. Afinal, um importante item da formação dos preços é valor total dos gastos. Se você não sabe o quanto gasta, como saberá o quanto cobrar dos clientes, não é mesmo?

Continue lendo “[E-book] Gestão de custos: um caminho para garantir bons resultados”

Prepare-se para a implementação da EFD-Reinf

A partir de 1º de maio de 2018, entra em vigor a utilização da Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf). Este é um dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) e complementa o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

A implementação deste módulo será feita em fases, assim como o eSocial. Empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões passarão a enviar os eventos pela EFD-Reinf a partir de 1º de maio de 2018. Em 1º de novembro de 2018 é a vez das empresas com faturamento inferior a R$ 78 milhões. Por fim, órgãos públicos começam a utilizar o sistema no dia 1º de maio de 2019.

Continue lendo “Prepare-se para a implementação da EFD-Reinf”