MVP

MVP: entenda o que é e como usar na sua empresa

Todo empresário deseja que seus projetos se tornem grandes sucessos, não é mesmo? Mas para que isso aconteça é necessário dar atenção a inúmeras questões, como analisar o mercado, validar sua ideia de produto ou serviço, planejar as ações de marketing e vendas e fazer uma gestão financeira eficiente. Aqui, vamos apresentar uma boa alternativa para você fazer um investimento certeiro e validar sua ideia: o MVP (Minimum Viable Product, ou produto minimamente viável, em português).

Esta é uma técnica que mostrará a aceitação do seu produto ou serviço pelos consumidores e permitirá que você tome decisões mais precisas. Para ajudá-lo a estruturar esse processo da melhor forma possível, vamos explicar um pouco mais sobre este conceito e como utilizá-lo para alcançar seus objetivos. Siga com a gente e confira!

O que é MVP?

Trata-se de um protótipo de um produto ou serviço feito para ser testado no mercado com o objetivo de verificar sua aceitação. Isso quer dizer que é possível fazer uma espécie de pré-lançamento para um determinado público com o intuito de analisar a receptividade antes de você iniciar a produção e investir. Se for bem aceito, o produto ou serviço pode ser lançado oficialmente sem grandes preocupações. Porém, se o retorno dos consumidores não for positivo, você tem a opção de fazer ajustes e promover uma nova rodada de testes.

Utilizar uma técnica como esta faz com que o dinheiro aplicado no negócio seja direcionado da melhor forma e os seus clientes tenham sua real necessidade atendida. Além disso, depois de um certo tempo, o MVP ajuda a sua empresa a prever o que os consumidores querem, o que contribui para lançar novidades no momento mais propício. Vale lembrarmos que esse tipo de teste vale tanto para quem vai abrir um negócio quanto para quem já tem um e quer entregar algo novo ao mercado.

Qual a importância do MVP para o negócio?

Provavelmente você já deve ter ouvido a expressão “é errando que se aprende”, certo? O MVP representa exatamente isso: a oportunidade de aprender com os erros e melhorar o máximo possível para alcançar o tão desejado sucesso. Afinal, ele é uma maneira prática de identificar os problemas no seu portfólio de produtos ou serviços e indicar a necessidade de mudanças nas estratégias ou na revalidação do projeto inicial. Com o MVP é possível entender a necessidade do cliente como um todo e verificar se a sua proposta de solução está, realmente, resolvendo o problema dele.

Como fazer um MVP?

Quando surge uma nova ideia para o negócio existem duas alternativas para levá-la adiante: passar meses planejando, investindo tempo e dinheiro sem saber exatamente se no fim dará certo, ou começar colocando o produto ou serviço em ação, fazendo um protótipo e validando sua eficácia com os consumidores em potencial.

Certamente, a segunda opção permite que você faça investimentos de maneira mais segura, com mais chances de garantir o sucesso do empreendimento, não é mesmo? Nesse sentido, elaboramos um passo a passo para ajudá-lo a montar o seu MVP. Confira:

1º passo: comece criando uma proposta de valor, mostrando aos consumidores o problema que o seu produto ou serviço vai resolver. Esta etapa funciona mais como um processo de excluir funcionalidades que não devem constar no produto ou serviço.

2º passo: elabore uma lista de pessoas interessadas em testar o que você está ofertando e que tenham tempo para dar um retorno das suas impressões. Assim, ficará mais fácil validar ou invalidar hipóteses sobre o seu produto ou serviço e fazer os devidos ajustes.

3º passo: entre em contato com o público interessado e solicite um retorno sobre aquilo que foi ofertado. Desse modo, você poderá iniciar os ajustes e, ainda, terá a oportunidade de se relacionar com seus possíveis clientes.

Atenção: é fundamental que os retornos sirvam de base para uma melhoria contínua até que o produto ou serviço se torne completamente viável e sem riscos. Somente assim será possível fazer um lançamento seguro e com a certeza de que a sua empresa crescerá de forma sustentável.

O que um software de gestão tem a ver com o MVP?

Para começar, um software de gestão é importante em todos os instantes de uma empresa, pois ele ajuda a controlar desde o orçamento inicial até avaliar os resultados finais por meio dos relatórios. Se falarmos de um software de gestão integrada, o famoso ERP, é melhor ainda, pois ele permite uma integração entre todas as áreas do negócio. Assim, é possível monitorar o andamento do MVP ao mesmo tempo em que se cuida dos processos cotidianos, sem perder nenhum detalhe.

MVP

Aqui na YNOS, oferecemos o ERP Radar Empresarial, desenvolvido pela WK Sistemas. Por ser uma solução completa, ele integra todas as áreas de maneira inteligente e pode ser adaptado às necessidades e à realidade de empresas de todos os portes e segmentos. Para saber mais sobre o nosso ERP, entre em contato com a nossa equipe. Nossos profissionais estão a postos para atendê-lo!

Esperamos que você tenha gostado do nosso artigo e possa aproveitar as informações para melhorar ainda mais os processos no seu negócio. Se surgir alguma dúvida ou se você quiser dividir alguma experiência sobre o MVP com a gente, é só deixar um comentário no espaço abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *